Bolsa Família – Descubra como fazer seu cadastro!

O programa social do Governo Federal, intitulado de Bolsa Família foi criado com o objetivo de acabar com a pobreza no Brasil. Em suma, o Bolsa Familia nada mais é do que uma renda extra mensal financiada pelos cofres públicos que é direcionada às família de baixa renda. Muitas pessoas se perguntam se houve Aumento Bolsa Família 2020 e qual é o novo valor.

É de suma importância saber como funciona este benefício, quais são os requisitos e qual o valor pago pelo governo federal para as famílias de baixa renda. Para obter todas essas informações, continue a leitura do texto logo abaixo e não deixe nenhuma informação importante passar despercebida por você!

Quem pode ter direito ao Bolsa Família

O Programa Social Bolsa Família tem como principal missão beneficiar todas as famílias de baixa renda, ou seja, que possuem renda familiar igual ou inferior a faixa de R$ 170,00 por pessoa cadastrada no grupo familiar. Para que o(a) chefe de família tenha direito ao benefício do programa, é necessário que compareça à secretaria de Serviço Social da sua cidade levando seus documentos de identificação, de seus dependentes e demais documentos que comprovem a renda de cada membro da família.

Caso você precisa de mais informações sobre situação do beneficio, consulta bolsa família, Saldo Bolsa Família, etc, é só acessar o portal da Caixa Econômica Federal, e tirar todas as suas dúvidas sobre o benefício. No próximo tópico irei falar sobre o calendário do Bolsa Família.

É importante salientar que os grupos familiares que possuem renda com a média de R$ 85,00 por pessoa,tem direito garantido pelo Governo Federal de o um benefício adicional de R$ 85,00 para ajudar a sua família a suprir ao máximo as suas necessidades básicas.

Cadastro Calendário Bolsa Família

Caso você se enquadre nas regras descritas acima, você pode receber o benefício, logo abaixo há um breve descritivo de como você pode realizar o seu cadastro no calendário Bolsa Família 2020.

Aproveite e confira também todos os documentos que você irá precisar para realizar o cadastro:

Cadastro Bolsa Família

Documentos necessários para fazer o cadastro:

  • Identidade e CPF (de todos os membros do grupo familiar);
  • Título de eleitor (de todos os membros do grupo familiar acima de 18 ano de idade);
  • Certidão de nascimento (de todos os membros do grupo familiar que não possuam ainda CPF e RG);
  • Certidão de casamento (de todos os membros do grupo familiar que não sejam solteiros);
  • Carteira de trabalho (de todos os membros do grupo que já possuam o documento);
  • Comprovante de endereço atualizado (não é obrigatório, mas facilita e agiliza o cadastro no programa).

Como fazer o cadastro Bolsa Família

Reúna todos os documentos descritos acima e escolha um membro do grupo familiar para ser o representante da família (acima de 16 anos de idade, preferencialmente do gênero feminino);

  • Dirija-se ao CRAS de sua cidade e solicite a inclusão do seu grupo familiar no Cadastro Único;
  • Solicite também o cadastro no programa Bolsa Família;
  • Aguarde o resultado do Ministério do Desenvolvimento Social.

Se você for aprovado, receberá o cartão do benefício em sua casa, e será necessário dirigir-se à uma agência da Caixa para desbloquear o documento. Caso o documento demore muito a chegar, informe-se junto ao CRAS sobre a situação de seu benefício.

Aumento Bolsa Família

O responsável por efetuar o pagamento do programa para as familías participantes do Bolsa Família, é o Governo Federal. Por meio do valor do beneficio disponibilizado pelo Governo que é possível
garantir uma vida melhor para as famílias carentes.

Até o presente momento não há informações atualizadas sobre o Aumento Bolsa Família 2020, por conta disso não sabemos ao certo quanto será o reajuste do valor do beneficio. Mais abaixo você poderá conferir e conhecer qual é a divisão feita nesse benefício e os valores que cada família recebe, ressaltando que esses valores são referentes ao ano anterior, confira a seguir:

Benefício básico: Esse tipo de benefício é pago as famílias que se enquadram em situações de pobreza extrema, cuja renda per capita seja de até R$ 85,00 (oitenta e cinco reais).

Benefício variável: A renda paga para cada família pode variar, podendo acumular até 5 benefícios no valor de R$ 39,00 (trinta e nove reais) cada um deles, ou seja R$ 195,00 (cento e noventa e cinco reais) por mês. Esse benefício é destinado as famílias extremamente pobres ou pobres, que tenham em seu núcleo familiar, gestantes, nutrizes, crianças ou adolescentes.

Benefício variável jovem: Esse benefício paga exclusivamente as famílias pobres que possuem em seu núcleo familiar, jovens com idade entre 16 e 17 anos. O valor mensal pago a essas famílias é de R$ 46,00 (quarenta e seis reais), podendo acumular até 2 benefícios por mês ou R$ 92,00 (noventa e dois reais);

Benefício para superação da extrema pobreza: Benefício pago às famílias que se enquadrem em situações de extrema pobreza. O valor estipulado de pagamento vai depender da renda familiar.

Famílias cadastradas com a condição de extrema pobreza poderão cumular todos os benefícios, podendo chegar a receber até R$ 372,00 por mês.


Se ficou alguma dúvida sobre o Sisu 2020 , você poderá deixa-lá nos comentários, pois assim que possível iremos te responder. Boa Sorte!